segunda-feira, 8 de agosto de 2016

Valorize suas perdas

Gente, hoje venho compartilhar com  vocês, caros leitores, à respeito de perdas. É certo que todos nós, simples mortais, cedo ou tarde passaremos por essa situação em nossas vidas. Digo que certa vez perdi a mulher da minha vida. Confesso, com todo o drama que exige uma boa fossa, que o meu Mundo caiu. Até parece que homem não passa por isso, engana-se quem pensa assim, o fato de ser homem não o priva de ter tais sentimentos. Sentimentos estes que para um homem, principalmente um homem tímido como eu, sente. Chorei vinte e quatro horas seguidas, derramei rios de lágrimas, pode parecer exagero, mas não é, só quem passou por isso e acredite, você passará um dia, sabe do que estou falando. Porém eu me levantei e fiz o que tinha que ser feito: segui em frente.

Certamente que por algum tempo não fui feliz. Mas percebi, como uma tragada de inspiração que me foi dada, que a mulher da minha vida era completamente substituível. De lá pra cá, perdi outras mulheres de minha vida e continuo de pé e, sempre continuarei, e sorrindo, mesmo que timidamente, se quer saber. Nessa vida perdi uma grande amiga. ela não morreu para o Mundo, mas para mim, sim. Descobri uma traição daquelas que não se faz com melhores amigos. Certamente encontrei muitos outros melhores amigos, alguns me traíram novamente, alguns me consolaram, e todos foram embora. E outros sempre chegaram e chegarão. Isso é a vida, ninguém pode evitar esse fluxo contínuo que é a vida. Eis a ciranda da vida: saiba que em algum momento você vai perder. As pessoas simplesmente vão embora, nossos amigos às vezes vão nos trair, as crises vão chegar. As perdas são essa realidade nua e cruel que precisamos aceitar e tirar proveito sempre que possível.


O interessante disso tudo é que sempre que, perdemos algo importante, temos a oportunidade de enxergar com uma clareza que somente a tristeza proporciona as tantas outras coisas importantes que ainda temos. E vai por mim, sempre valerá a pena. E de perceber, com a perspicácia que só as crises nos trazem, as outras tantas coisas importantes que chegarão. Saiba que as perdas têm a indispensável função de nos fazer renascer, igual a ave mitológica Fênix, que renasce das cinzas e alça voo, que até então não imaginávamos ser capazes de fazer. Cuidar do que ainda temos e lutar por aquilo que realmente precisamos. Eu não tenho piedade dos bons perdedores, mas aqueles que ganham sempre, pobres coitados, não tem a chance de enxergarem-se tais quais são: humanos, passíveis de terríveis perdas, errantes e, sobretudo, capazes de reconstruir qualquer coisa que seja. E de deixar partir o que não lhes pertence. Vencer é maravilhoso, especialmente para quem merece. Mas somente na tristeza das perdas encontramos a delícia de renascer. Ame as suas vitórias, afinal você mereceu, mas sobretudo, as suas sábias perdas, elas sim nos apuram o paladar para o gosto bom de ganhar. Saiba que a pessoa que lhe interessa não dá a mínima pra você, tudo bem. Você deve saber que isso não é exatamente um atestado tácito de que você é um partido ruim, aliás, fodam-se os bons partidos. As pessoas se cruzam, se amam, se detestam ou simplesmente permanecem indiferentes e isso não é um problema nosso. É questão de conexão, do bom e velho desejo mútuo que nem sempre dá as caras. E a gente continua mascarando isso com frases clichês que até poderiam fazer parte de um manual de como não ser idiota ao dispensar alguém.

A pessoa certa no momento errado, não é você, sou eu! Não quero me envolver com ninguém... Tudo isso é ladainha muito elegante, é verdade, confesso, de quem simplesmente não está a fim de tentar. Não existe momento errado para pessoa certa. Saiba que a vontade é que move as coisas, e as pessoas, principalmente. Então, quem não te procura simplesmente não quer te procurar, e quanto mais cedo você parar de criar teorias mirabolantes que justifiquem isso, mais cedo você estará pronto para o próximo pé na bunda, e você sabe tanto quanto eu, ele sempre vem.


Comente com o Facebook:

8 comentários:

  1. Beleza de texto, bem sincero e também, dramático. Para os romancistas de plantão, vai cair como uma luva.

    Eis a ciranda da vida, saiba que em algum momento você vai perder, isso é inevitável, embora muitos achem que possa sempre vencer. Tolos como a tolice em tentar decifrar tais ciclos da vida.

    Valeu!!!

    :) :) :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade Leonardo! A vida possui muitos enigmas e, é impossível decifrá-los a maioria deles. Forte abraço!

      Excluir
  2. Ual kkkk Cara acho que esse foi o texto mais sincero, profundo e interessante que já li em um blog! Você é real? Nem dá para acreditar... Tipo: fiquei chocada, refletindo sobre tudo! A sua escrita é Maravilhosa!!! Arrasou! Merece palmas ❤
    Jardim de Palavras

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado Melissa! Sim, certamente eu sou real, que bom que estejas refletindo. Essa é a intenção fazer o leitor refletir. Grato pelos elogios, aliás adorei o seu blog. Forte abraço!

      Excluir
  3. Olá Luciano,
    Primeiramente, parabéns pelo incrível texto. Eu nunca acreditei que homens não sofressem por perdas ou não chorassem por isso, apenas sempre achei que as coisas aconteciam em uma intensidade diferente para vocês. Veja, diferente, nesse caso, não quer dizer normal. Acho que precisamos valorizar o que perdemos e o que ganhamos e fiquei bem curiosa para ler outros textos seus.
    Beijos e sucesso,
    Um Oceano de Histórias

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Bruna, obrigado por comentar e deixar a sua opinião. Sim, acredite nós homens também sofremos uma perda, mas a maioria esconde os seus sentimentos e suas emoções. Eu te aconselhor a ler REFLEXÕES DE VIDA. Esse é um livro de minha autoria, nele encontrarás textos reflexivos e outros temas do cotidiano. Sinta-se em casa, visite o blog quando quiser. Beijão!

      Excluir
  4. Muito bom seu texto, realmente é muito importante valorizarmos as perdas, se formos parar pra pensar quantas perdas tivemos durante a vida, possivelmente alcançaremos um número enorme. Quando penso nas perdas que tive me vem um misto de sentimento, que por muitas vezes nem consigo acreditar nos tantos, e continuo perdendo. Isso é a vida!
    No entanto penso que as pessoas ficam o tempo suficiente em nossas vidas, o problema é que não nos damos conta de que tudo tem um tempo. Elas se vão pra dar lugar a outras. De todas as pessoas que passaram em minha vida, eu as amei o suficiente para guardar um pouquinho delas, pois desde cedo a vida me mostrou que “Tudo passa”. O único problema é que muitos não conseguem seguir com a vida, e penso que é mais por remorso mesmo, não valorizou o quanto podia e não declarou o amor sentido.
    O mais importante é perceber que as perdas só existe quando não há aprendizado e emoções. Mas sabemos também que é é preciso deixar o outro seguir, e entender que a partida de fato é necessária.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso mesmo Geane. Na vida todos nós perdemos mais do que ganhamos, sendo assim, devemos dar valor a perda, e não somente a conquista. Forte abraço!

      Excluir
:) :( ;) :D :-/ :P :-O X( :7 B-) :-S :(( :)) :| :-B ~X( L-) (:| =D7 @-) :-w 7:P \m/ :-q :-bd