segunda-feira, 30 de novembro de 2015

Resenha pessoal: Parte 2* ''Fey - Livro 1, O Enigma de Ur'', de Josué Matos (Editora PenDragon)

Olá amigos, como prometido no post anterior do Marcas Literárias, trago agora a SEGUNDA PARTE DA RESENHA do livro do escritor brasileiro Josué Matos. O livro é ''Fey - Livro 1, O Enigma de Ur'' e foi publicado pela Editora PenDragon. Desta vez o foco será uma curta visão pessoal sobre a obra e eu não vou me prolongar nas palavras para que não fique repetitivo, portanto vamos ao que interessa.


Título: Fey - Livro 1, O Enigma de Ur
Autor: Josué Matos
Publicação: 2015
Editora: PenDragon
Gênero: Ficção
Páginas: 208


Quero começar falando a respeito da imaginação do autor, que me deixou boquiaberto desde as primeiras páginas do livro. A sua criatividade foi muito além do que eu poderia imaginar, em outras palavras, confesso que ME SURPREENDI com a obra ''Fey''. Josué demonstrou uma capacidade que me atrevo a dizer que é quase inalcançável por alguns outros autores. O fato de ele encaixar maravilhosamente bem os elementos fictícios dentro da realidade da cidade do Rio de Janeiro que é composta por morros, tráfico e peculiaridades verbais e mesclar isto tudo com a sutileza genial da forma de narrativa, me deixou em um estado de emoção quase que inexplicável. 

Destaco também os trechos mais ousados escritos por Josué, eles valorizaram ainda mais este romance agnóstico.

''Obedecendo a seu pedido, foi direto ao encontro de seus lábios. Beijou-os com energia. Foi abraçado. As mãos dela o puxaram com força. Era o sinal. Penetrou-a. Ao senti-lo dentro dela, mordeu seu tórax. Ele continuou. Ouviu o grito de prazer de sua amada. Junto com ela, chegaram ao orgasmo.''

Josué foi um gênio. A Fey me conquistou, eu lutei com ela até o último momento da história. Aquela confusão em seus pensamentos, toda a mistura sobre os acontecimentos antes de acordar naquele quarto esquisito. Ela se tornou uma das minhas personagens favoritas da vida. Seu jeito explosivo em certas ocasiões me causou risos abobalhados de admiração por ela. 

E quanto aos mistérios da marca no braço dela? As suas descobertas sobre a representação do símbolo e os seus efeitos subsequentes também preenchem a obra e a tornam única. Em vários momentos acreditei estar vivendo junto a ela no quarto esquisito. A cada movimento da runa, juro que olhava para o meu braço, eu queria mesmo estar lá, me senti um personagem! O homem de jaleco branco me deixou muito irritado às vezes. Eu senti vontade de atacá-lo por ele não responder as perguntas de Fey, mas tudo bem, era necessário mesmo.

''Uma sala ampla surgiu à frente das duas. Na entrada, um dizer com o seguinte texto: ''Para lembrá-lo que o seu âmago é a morada do mal''. Ao ler aquelas palavras, Fey tentou decifrar o que aquele aviso significava."

Ah, fiquei sabendo que o autor mudou o desenho da capa da obra e quero elogiá-lo quanto a isto também. O que era bom tornou-se muito melhor. A capa atual superou a anterior. Eu adorei.

O final da história ''Fey'' é bastante surpreendente, assim como o Prólogo do livro que de algum modo me despertou muito sobre as consequências que o ápice da maldade humana pode causar em nosso mundo.

Bom, realmente eu recomendo a obra e tenho certeza que a leitura vai ser muito agradável e reveladora para todos que lê-la. Já estou ansioso pela continuação, esta Trilogia será FANTÁSTICA. Parabéns ao autor. As 5 estrelinhas aparecem aqui novamente.



Se você quiser comprar a obra, fique à vontade para visitar o site oficial da Editora PenDragon, lá você encontra esta e outras obras do autor Josué Matos e também de outros excelentes autores.

Até a próxima!


Comente com o Facebook:

10 comentários:

  1. Perfeito o livro. Perfeita a resenha. Quero ler logo, mas meu livro não chegou ainda, snif!!!!
    Parabéns!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado amigo. O livro é surpreendente mesmo. Na torcida para que seu kit chegue logo. Abraços!

      Excluir
  2. Mais uma vez obrigado pelas belas palavras Léo. Fiquei emocionado. Esse livro é muito especial pra mim pois retrata uma situação social clara e ao mesmo tempo ignorada por nós, humanos egoístas. Gostaria muito que todos lessem a obra, pois a jornada de FEY é uma tomada de consciência, mas acima de tudo, um grande alerta. Forte abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado Josué, fico feliz com obras tão maravilhosas quanto as suas e autores tão talentosos quanto também. Parabéns a você como autor e também pela criação da Editora PenDragon.

      Excluir
  3. Léo, tô apaixonada pela tua escrita e pela forma como vc se expressa nas resenhas!
    Adorei saber tua opinião pessoal sobre o livro! Já tinha ficado entusiasmada com a resenha imparcial, agora só fiquei com mais vontade de ler tbm!
    Essa parceria com a PenDragon tem sido linda, haha!
    Parabéns pela resenha! <3
    Bjos,
    [Um dia me livro...]

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Andressa, muito obrigado pelas palavras. Espero que o seu kit chegue logo e você também sinta todas as emoções que senti ao ler a obra. Obrigado pela visita e volte sempre que quiser.
      Beijos.

      Excluir
  4. Léo que resenha maravilhosa, que livro fantástico parece ser daqueles que prende a gente de tal forma que só larga quando acaba com gostinho de quero mais.Parabéns pela resenha ADOREI!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado Luciana, o livro é assim mesmo, eu o guardei quando terminei a leitura somente.

      Excluir
:) :( ;) :D :-/ :P :-O X( :7 B-) :-S :(( :)) :| :-B ~X( L-) (:| =D7 @-) :-w 7:P \m/ :-q :-bd